VALE A PENA INVESTIR EM FRANQUIA?

Comunicação

Essa é a pergunta que a maioria dos novos empreendedores buscam e com certeza não é nada fácil responder.

De acordo com nota divulgada pelo IBGE, em janeiro de 2019, 12.2 milhões de Brasileiros encontram-se desempregados e sem grandes perspectivas de recolocação no mercado de trabalho.

Então o que fazer? Aplicar o FGTS junto com a rescisão trabalhista na poupança a míseros rendimentos, esperar um nova oportunidade de emprego ou arriscar num negócio próprio?

Consequências:

·        Se demorar  muito a conseguir um novo emprego e com as contas se multiplicando, corre o risco de  logo  acabar com as reservas e sem rendas futuras.

·        Abrir um negócio próprio ou comprar uma franquia? Pode ser bem sucedido ou acabar falido endividado.

E agora? Segundo o SEBRAE 80% dos novos negócios, criados  por conta própria, fecham com menos de cinco anos de operação e apenas 15% no sistema de franquias.

Então, pelos números apontados, abrir uma franquia não seria tão arriscado quanto abrir um novo negócio, certo? Essa seria uma resposta bastante lógica, porém como todo negócio existe o risco e não podemos despreza-los, o certo nesse momento é amenizar e reduzir ao máximo esse percentual de risco.

Veja abaixo sete passos e algumas dicas importantes:

Primeiro passo – Busque conhecimentos junto ao Sebrae de administração e de empreendedorismo.

Segundo passo – Estude bem o seu público alvo e a localidade de onde pretende se instalar.

Terceiro passo – Procure as franquias que se enquadrem dentro de sua disponibilidade financeira e seu perfil de negócios.

 

Quarto passo – Estude bem o COF

A Circular de Oferta da Franquia é um documento desenvolvido pelo franqueador e que apresenta todas as condições gerais do negócio, principalmente em relação aos aspectos legais, obrigações, deveres e responsabilidades das partes. Deve ser criterioso, claro, conciso e completo.

Quinto passo – Veja junto aos franqueados, dessa franquia escolhida, o grau de satisfação, o apoio do franqueador, o retorno financeiro e o nível de insucessos.

Sexto passo – Estude seus concorrentes, como e onde eles atuam e se os preços estão adequados junto a sua escolha de local.

Sétimo passo – Lembre-se que todo negócio requer muita dedicação e não se aventure achando que apenas o nome da franquia fará de você um empreendedor de sucesso. Um grande exemplo é uma loja de Shopping Center, dependendo do ramo, terá que trabalhar de domingo à domingo.

Esses simples passos e medidas certamente contribuirão para achar a franquia adequada ao seu investimento e perfil, assim como reduzir os riscos e aumentar seu percentual quanto ao nível de seu sucesso.

 

Celso Fontes ( 21 ) 98282-8525 whatsapp

Um dos criadores do Portal Anuncie sua Franquia